Como o rei-sol Sócrates põe Costa e o PS de Costa na sombra

José Sócrates (que, não o esqueçamos, não foi libertado mas apenas objecto de uma medida de coação diferente sem deixar de ser arguido e indiciado) sabe bem que será sempre notícia. Mesmo que seja só a aparecer à porta de casa, que parece não ser sua, a receber um bolo de aniversário. E também sabe, na perfeição, que cada notícia sobre ele, sem precisar sequer de falar em público, é menos uma notícia sobre António Costa e o sector do PS que ainda deve querer que Costa ganhe as eleições.
Sócrates sabe que favoreceria Costa se ficasse calado e não fosse visto (ou ouvido) até 6 de Outubro. Não é, pelos vistos, o que vai acontecer.
Aliás, se é verdade o que o "i" hoje noticia, Sócrates (a) intervirá publicamente até 20 de Setembro (tem 13 dias à sua frente) porque, embora não pareça, só a partir dessa data é que há uma campanha eleitoral formal; (b) comentará o debate Passos Coelho - Costa de quarta-feira e (c) continuará a receber pessoas de alguma relevância pública que, como aconteceu em Évora, vão dizer, à porta da tal misteriosa casa da Rua Abade Faria que parece uma coisa e é outra, que ele, resumidamente, é o melhor do mundo.
E não poderá surpreender ninguém se, tendo Costa um resultado medíocre (nem precisa de perder...) nas eleições de 4 de Outubro, Sócrates vier a terreiro dizer que se sente "chocado"...

Costa Cardoso

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Quem tramou Joana Marques Vidal? Sócrates ou Manuel Vicente?

Porque é que Costa e o seu PS ainda continuam a precisar de eleições antecipadas?

O mistério de Luís Delgado e da Impresa