Soares e Salazar. O mesmo fim? A Cruz Vermelha.

A doença que afecta Mário Soares por estes dias, levou ao seu internamento no Hospital da Cruz Vermelha. Notáveis têm passado os dias a visitar o Hospital e a conceder entrevistas emotivas à saída. Uma coisa se estranha logo, o que vão eles lá fazer se Soares esta inconsciente? Dá ideia que se vão mostrar, excepto aqueles obviamente que são familiares ou muito amigos da família.

Mas o mais curioso é que Salazar terminou os seus dias úteis na ...mesma Cruz Vermelha, onde também uma multidão de notáveis, alguns pais e familiares das actuais visitas de Soares, foram ver Salazar, que estava sem conhecimento...

A história repete-se.

Enquanto, isto nos hospitais públicos- e falo com conhecimento directo- a prestação de cuidados de saúde deteriora-se de dia para dia. As macas servem de camas e acumulam-se nos corredores das enfermarias dos hospitais. Os doentes agonizam sem atenção, a não ser que os familiares lhes vão dar alimentação. A preocupação dos médicos é fazer sair os doentes dos hospitais, para arranjar lugares para outros que esperam nos corredores. Não há a preocupação de cura, meramente de sobrevivência fora do hospital. Podem dizer maravilhas do anterior ministro da saúde ou do actual, mas a saúde nos hospitais não funciona.

Talvez se os políticos importantes deixassem de ir para a Cruz Vermelha e terminassem os seus dias num Hospital público, alguma coisa fosse feita face à degradação destes. Assim, o que vemos, é que de 1968 a 2017 pouco mudou estruturalmente. Os chefes vão para a Cruz Vermelha e os outros danam-se...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Quem tramou Joana Marques Vidal? Sócrates ou Manuel Vicente?

O mistério de Luís Delgado e da Impresa

O fim do jornalismo português(2)