Mário Soares. Para quê escrever mais?

Face às toneladas de letras vertidas a propósito da morte de Mário Soares, por que razão o pequenino e modesto TOMATE iria escrever qualquer coisa? 
Na realidade, a vida e a obra de Mário Soares já foram dissecadas até à exaustão: Soares combateu a ditadura, Soares lutou pela liberdade, Soares abriu o caminho para a Europa, Soares foi o Presidente de todos os Portugueses. Em suma, Soares é fixe.
Vale a pena falar na descolonização trágica em que Soares participou ou liderou? Vale a pena falar nas manigâncias financeiras descritas por Rui Mateus? Vale a pena esmiuçar as razões que levaram ao confronto entre Soares e Eanes? Vale a pena perceber por que razão todos os socialistas famosos estiveram contra Soares? Vale a pena falar no apoio bizarro a Sócrates, nas ligações a Lula e aos desastrados negócios da PT? Não vale. 
Todas as pátrias necessitam dos seus heróis, e Soares será o herói do final do século XX português.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Quem tramou Joana Marques Vidal? Sócrates ou Manuel Vicente?

O mistério de Luís Delgado e da Impresa

O fim do jornalismo português(2)