Subsídios para o entendimento da Operação Marquês: A conexão Angolana (I)

"O BESA desempenhava um papel fundamental na movimentação internacional de fundos. 
O banco angolano controlava seis contas bancárias no Banco Espirito Santo de Portugal, designadamente, a conta # 099517430001 em francos suíços, a conta # 099514570007 em euros, a conta # 099516050000 em libras esterlinas, a conta # 099416440003 em ienes, a conta # 099514560001 em dólares norte-americano e, finalmente, a conta # 099516040005 em Rand Sul- Africanos. 
Usando essas contas, a fim de proceder às suas transações internacionais, o Banco Espirito Santo não se submetia a qualquer um dos sistemas de compensação internacionais, utilizados no mercado financeiro global - isso significa, que ninguém controlava ou podia verificar de forma alguma o que é aconteceria no banco de Luanda. 
Tínhamos dois bancos separados (BES/BESA) legalmente a funcionar sem controlo formal relativamente às transações entre eles, o mesmo é dizer entre Angola e Portugal.
Hoje o BESA, redenominado como Banco Económico é detido pela Sonangol, petrolífera estatal angolana, pelo grupo GENI, e pela Portmill, sociedade ligada a oficiais da Casa Militar da Presidência da República.
Com alguma simplificação dir-se-ia que atualmente JES, através de pessoas ligadas a ele e dele dependentes familiar ou hierarquicamente, controla o BESA.
Fechando o círculo, o Grupo GENI está também na origem da operadora telefónica Unitel, cujo parceiro número um foi a Portugal Telecom, então tendo como acionista de referência o BES. 
Na data da sua criação, os acionistas da Unitel foram Isabel dos Santos (filha mais velha Presidente dos Santos) e o general Leopoldino Fragoso do Nascimento, chefe de comunicações da Presidência da República, entre outros. A Unitel cruza-se com o grupo Espírito Santo de forma também intensa.No fundo, a Unitel foi uma parceira entre a família presidencial angolana e o Grupo Espírito Santo, através da Portugal Telecom. Como é hoje claro, o BES dominava a Portugal Telecom".

Excerto do livro "Os Três Magníficos" RCP Edições, Cascais, 2016. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Quem tramou Joana Marques Vidal? Sócrates ou Manuel Vicente?

Pedro Passos Coelho: o estadista com azar

Universidade Independente e Sócrates: Não há Justiça. Só teatro trágico.